cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





17.1.13

uma senhorita com um buraco na meia ainda é senhorita?

senhorita j. esta longe de ser a rainha do pandam e como tal tem um look pouco harmonioso por fora e por dentro. quer dizer que nao é senhorita de combinar soutien e cuecas e é mais do estilo confortavel. quantos posts de cuecas ja teve este blog... enfim... hoje vem falar de meias. é que senhorita j. comprou uns tenis que so vao ter uso numa primavera tardia, porque aqui, como se sabe o inverno dura até ao fim de abril. entao hoje foi fazer umas compras e viu umas botitas na montra de uma loja que lhe pareceram muito bem. entrou e pediu para experimentar, embora tivesse sérias duvidas que lhe servissem porque tem a barriga das pernas generosa. mas isto tudo para dizer que quando se descalçou, senhorita j. tinha um buraco nas meias que fez corar o empregado, embora por baixo das meias tivesse uns collants rosa fuchsia bem giros, novinhos em folha, lisinhos, sem nenhuma malha. ora bem, vendo o buraco decidiu tirar as meias, para ficar com um ar mais "apresentável". como previsto as botas nao serviam e senhorita j. veio embora com as maos a abanar e a pensar que afinal o que importa um buraco nas meias quando o que verdadeiramente importa é que a roupa esteja lavada.  mas essa é que é essa. é que na verdade importa e, vivendo num sitio tao pequeno, com uma rua principal que corresponde a uma transversal da rua augusta, onde toda a gente se conhece, ela vai ser aquela rapariga que quando passar na rua principal, onde estao sempre todos os comerciantes a conversar e a ver quem passa, vai de certeza  ser "a do buraco na meia".

5 comentários:

Carla R. disse...

Ahahaha ! Nesse caso usa o titulo com dignidade e nariz arrebitado. Olé ! ;)

J. disse...

é isso mesmo ;) olé olé ... se bem que ando a fazer "inimigos" naquela rua :P

Scarlet Red disse...

Ou como a das meias cor de rosa ;)

J. disse...

obrigada menina scarlet :) por veres o melhor lado da historia ;)

Gracinha's disse...

Meia rota, a tua história fez-me lembrar que sempre que ponho uma alcunha a alguém imagino que alcunha essa pessoa me põe a mim. Não é um exercício fácil, mas, acaba sempre em risota.

Aqui no prédio por exemplo imagino que seja "a surda", porque só tenho uma televisão e quando quero ouvir as notícias não me sento à frente dela, ponho bem alto para ouvir na casa toda! Os meus vizinhos são o vassourinhas, o eugénio, a olivia palito e a fora d'horas. :P