cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





9.7.14

um post turistico


no domingo passado fomos experimentar o hippotrip. foi uma proposta da associação da empresa onde trabalho e decidimos ir experimentar. sou sempre muito ceptica em relação a estas coisas turísticas, mas tratava-se de uma visita por lisboa em terra e em mar (mais em terra do que em mar). um barco-autocarro esperava-nos na doca de alcantara e subimos a bordo. para além de nos, havia o motorista-comandante e um animador que nos falou de imensas curiosidades de lisboa, à medida que o barco-autocarro avançava. o que é bom nestes meios de transporte é que se vê a cidade quase ao nosso nivel e com algum recuo, vemos os prédios, admiramos as cores, as praças com olhos que nao sao os mesmos do que os que temos quando vamos a caminhar depressa a olhar para o chão. para mim a visita vale muito por isto, por este olhar sobre lisboa e pelas curiosidades da cidade, algumas conhecidas, outras nao. demos a volta pelo centro e depois descemos pela avenida infante santo em direcçao às docas para mergulharmos no tejo. o barco-autocarro, altíssimo, descia por uma rampa estreita pronto a abraça a agua. nesse momento houve um silencio parecido com o da aterragem dos avioes. e la ficamos a flutuar. o barco navegou pelo tejo, nos navegamos nos dois, no tejo e na paisagem enquanto ouvíamos historias de marinheiros e descobridores. e assim ficamos a saber como é o hippotrip.

2 comentários:

maria franco disse...

Neste caso trata-se da originalidade
de ser um transporte rodoviário
que se transforma em barco.
Já experimentei, mas numa altura
de fim de tarde ventosa, e um pouco
fria. Para o Verão deve ser melhor.
Um blogue interessante o seu.
Parabéns!

J. disse...

neste dia o ceu estava cinzento e um tempo ligeiramente abafado, mas o passeio fez-se bem, de cabelos ao vento em terra e de salpicos de tejo no mar.

obrigada por passar pelo azul turquesa :)