cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





26.1.14

sidonie… o teu cheiro a bolinhos...



querida sidonie,

os dias vao passando. a vida vai continuando. consigo sorrir, mas sinto tanto a tua falta… 
de noite durmo profundamente porque ja ha muito tempo que tinha que dormir sem dormir para tratar de ti. de manha, assim que abro os olhos penso que me apetecia tanto ouvir-te miar. apetecia-me que saltasses para cima da minha cama ja a fazer ronron, que viesses até ao meu rosto cumprimentar-me com mimos e te aninhasses nos lençois, edredao e mantas que formavam pequenas espacinhos macios e aconchegantes, enquanto eu te fazia festas e te dizia palavras de amor. 
à tarde, quando regresso a casa penso sempre em ti e fecho os olhos devagarinho imaginando-te a dormir no sofa e a levantares as orelhas assim que ouvias a porta da rua fechar, a chave a entrar na caixa do correio. 54 degraus depois, antes de eu pôr os pés no tapete, ja miavas porque sabias quem era. eu abria a porta, tu espreitavas as escadas e depois ias a correr até ao teu tapete para "fazer as unhas", voltavas até mim, levantavas as costas e, enquanto eu tirava os sapatos, ficavas de volta das minhas pernas. a seguir eu pousava as minhas coisas, agarrava em ti levava-te aos meus labios e afundava o meu nariz no teu pelo macio. sidonie, nestes ultimos meses em que ja nao sabias que tinhas que te lavar continuavas a cheirar tao bem e, hoje, aqui sentada sozinha no sofa da sala a ver as tuas fotografias, senti o cheiro a bolinhos do teu pescoço.

meu grande amor.

3 comentários:

Scarlet Red disse...

O melhor 'spot' do mundo para dar beijinhos, atrás das orelhas, já onde começa o pescoço, onde o pelo é mais macio...

Anita disse...

J. disse...