cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





31.12.15

22h22

estou sentada no sofa, em frente à mesa baixa. visto um pijama polar, com motivos de natal, umas meias gastas por cima das calcas, um robe polar também que em nada combina com o pijama. abri um bocal de foie gras e um frasquinho de confit d'oignons, comprei salmao e estou a beber um tinto que ja esta aberto ha mais de 5 dias. o radiador esta a bombar. eu estou a ver os programas de fim de ano deprimentes na televisao e a pensar porque é que esta data se festeja tanto. precisamos de um dia oficial no calendario para começar tudo de novo. da mesma forma que precisamos de uma segunda-feira para começar a fazer dieta. manias. nunca gostei desta data pelo que ela significa. nunca percebi porque é que neste dia o fogo de artificio é uma coisa do outro mundo. acho que gosto demasiado de surpresas para gostar de datas de festas, certas. hoje nao me apetece fazer favores. é uma decisao de ultimo dia do ano. hoje nao me apetece rir por ser um dia de festa. hoje apetece-me ir para a cama logo a seguir ao "jantar". hoje nao me apetece que ninguem me telefone. 2015 foi um ano probrezinho em emoçoes boas. 2015 foi um ano em que aconteceram coisas mas. até ao fim. até ao ultimo dia do calendario. e receio que essas coisas nao acabem com o fim do ano. tenho medo de 2016 que até é um numero par. manias outra vez. por isso nao sei bem o que fazer. quero sair de 2015 mas nao quero entrar em 2016. era bom que houvesse um 2015 e meio, um purgatorio… mas o que eu quero é que estas festas acabem depressa e que a vida volte ao normal. que a rotina nos dê segurança, mas que seja quebrada vezes suficientes por surpresas boas.

em 2015 adorei ver a minha filha crescer. em 2015 ofereceram-me um carro. em 2015 ganhei um prémio. em 2015 passei muitos dias no ipo. em 2015 a minha ornitofobia melhorou, consideravelmente , sem que eu tenha tenha feito alguma coisa por isso. em 2015 soube que sou um ser humano importante em certos contextos. em 2015 passei a pertencer oficialmente a dois paises. em 2015 descobri que ha grandes e longos amores que podem acabar pelas meias espalhadas no quarto, pelo rolo de papel higienico terminado e deixado na casa de banho, pelos cabelos esquecidos no ralo da banheira. 

hoje, no ultimo dia de 2015, lembro-me da frase de camus "para as grandes coisas sao necessários principios; para as pequenas basta a misericórdia". 

venham as passas para nos deixarem pedir desejos. 

3 comentários:

Solange Honorato disse...

Concordo com você! Aqui em casa, ficamos contando os minutos, que é quando começam os fogos e temos que correr para acudir nossos cachorros.

Parabéns pelo texto!:))

Beijo carinhoso,
Solange.

ana disse...

Deitei-me pouco passava da uma da madrugada. passei a meia-noite a acalmar a minha filha. Não faz mal, foi bom assim.
Gostei muito deste post.
Beijinho e um ano cheio de luz. :)

Anita disse...

Desde o dia 1 de Dezembro que desejava que chegasse o 2 de Janeiro, e o meu aniversário até é em Dezembro... mas é uma época tão tola, tão cheia e tão vazia ao mesmo tempo...
A minha noite de passagem de ano foi em casa, com as minhas patudas, como desejei e como já não foi nem a primeira, nem segunda e não terá sido a última vez. A verdade é que aquela euforia da meia noite diz-me cada vez menos... qual a lógica de fingir felicidade num minuto? Eu consigo vivê-la em tantos momentos. Entra-me de surpresa peito dentro sempre que estou distraída. E tão bom que é. Que se brinde diariamente a essas felicidades inesperadas, com um tinto, vestindo um pijama e um robe polares, desermanados. Também foi o meu fato de reveillon! ♥ (ah e umas pantufas!)
Beijinho
Feliz 2016