cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





20.8.13

muito à frente

senhorita j. trabalha num sitio que tem coisas que nunca tinha imaginado que as empresas poderiam ter. e parece que as grandes empresas (grandeza também no sentido da "nobreza") distinguem-se pela diferença nestes pequenos pormenores. aqui, a cantina parece um restaurante gourmet (mas a preços anti gourmet) e nao bastando isto e outras coisas, hoje, perdendo-se pelos corredores do edificio gigante, senhorita jota descobriu que existe uma biblioteca interna, so para os funcionarios, clean e cosy ao mesmo tempo, cheia de livros novos e bons. a cereja no topo do livro bolo é que se se quiser ler um livro que nao exista no catalogo basta pedi-lo e esta disponivel três dias depois. empresas que apostam na satisfaçao, bem estar e formaçao profissional e individual.

hoje pensei varias vezes "isto é muito à frente" ... ou entao senhorita jota veio do campo e nao conhecia a existência de um admiravel mundo (profissional) novo.

3 comentários:

Blanche Cérise disse...

É tão bom quando há assim surpresas pela positiva e pela melhoria da vida das pessoas. E logo em ambiente empresarial, o que ainda faz valorizar mais o tempo que se passa no trabalho. Parabéns por essas descobertas:)
Fiquei fã da biblioteca!

Beijos*

Analog Girl disse...

Acho que é mesmo muito à frente, a realidade empresarial nem sempre permite estes pequenos "nadas" que significam muito. É bom saber que essas empresas existem. Boa sorte no novo percurso profissional!

ohlalali disse...

As empresas de sucesso sabem mostrar aos colaboradores que e' possivel conciliar vida e trabalho. Nem sempre e' o valor do ordenado que dita mais alto, mas todas as possibilidades que a empresa oferece. Quem torce o nariz a uma empresa que permite que os funcionarios tenham uma biblioteca? Luxo!