cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





8.5.13

lisboa azul e branca









sai cedo por baixo de um céu cinzento a prometer chuva. mas eu gosto da chuva. compromisso nao muito longe de casa e dali deixei-me ir ao sabor dos transportes públicos. o primeiro levou-me para os lados da universidade nova e decidi ir espreitar as novidades à po dos livros. passeei pelas mesas, descobri novos editores, depois desci à cave para espreitar os livros infantis e vim de la com um livro pequenino com uma historia sobre os selos. subi a pé mais um pouco e decidi ir dar um salto ao instituto francês de portugal. mas parece que ainda era cedo, a livraria estava fechada e a mediateca so abria à tarde. bebi um café+croissant na praline e fui a pé até ao marquês de pombal. metro até à baixa e decidi inscrever-me na biblioteca camoes. quando sai, estava um eléctrico quase vazio na paragem… oh, lugares à janela, pensei… e corri para apanha-lo. o eléctrico parou na estrela e como queria muito conhecer a mimosa da lapa fui a pé pela rua da bela vista à lapa… que rua bonita, cheia de azulejos… e a mercearia é linda e cheira tao bem. dali desci a rua dos navegantes, e fui em direcção à rua das trinas, tesouro de cliques para a minha maquina fotografica. começou a chover no momento em que eu passava em frente à villa dorothea e parei a olhar para aquele abandono com um nome tao pomposo e bonito. continuei a descer e fui ter ao iade. depois segui até ao cais do sodré em ziguezague pelas ruas. as minhas pernas pediam-me um lugar sentado e à janela no autocarro e regressei a benfica. mais arrumações em casa, muitos mails enviados e um telefonema com uma pontinha de esperança. afinal ha esperança.
olho para as fotografias do dia e apesar do céu cinzento lisboa estava azul e branca.

6 comentários:

andrea disse...

aqui ao lado de casa e não avisa?!!

Scarlet Red disse...

Mal chegas e vaiste enfrascar na Mimosa da Lapa! :D

MauFeitio disse...

Ui que tu tens muito para me ensinar sobre Lisboa!

J. disse...

andrea foi inesperado ;) foi a brisa que me levou até ai :)

menina scarlet qual enfrascar? é certo que aquilo tem muitas garrafas mas enchi os olhos com esta mercearia à moda antiga, num dos bairros da minha infância e as narinas com os queijos que la estavam :)

maufeito temos que combinar esse café :) para que lados de lisboa estas?

Scarlet Red disse...

Para o lado de fora que eu sou suburbana ;)

J. disse...

menina scarlet este café era para a maufeitio (saltou ali o i), mas nos podemos beber um pirolito, nao sei é se ha quisoques de pirolitos para os teus lados ;)