cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





28.7.10

do quintal das bibliotecarias...


no trabalho sou das poucas pessoas que não tem quintal. quando chega o verão as minhas colegas começam a falar de cebolas, curgetes, alfaces, tomates-cereja, que “crescem muito e depressa”, que “este ano ha muitos” etc... e como a produção é maior do que o consumo caseiro a dada altura perguntam-me se eu não quero isto ou aquilo.

esta manhã, quando cheguei tinha, em cima da secretaira, um saco com uma enorme alface, varias curgetes de cores e formas que desconhecia, uma curgete GIGANTE e um frasco de doce de melão para experimentar...

4 comentários:

MauFeitio disse...

isso é uma das coisas que tenho saudades: produtos acabados de sair do quintal. em portugal sou abastecida pelos meus pais e tudo cheira e sabe diferente. Aproveita!!!

J. disse...

;) sim sabem melhor, não é?

e tu, desde que estas ai, as saudades devem ser a dobrar ;)

Marta G. disse...

Joana:
Também adorava ter uma quintal. Como não tenho, ando com um mini-garden debaixo de olho, pelo menos dá para salsa, coentros, alface, moranguitos... http://mini-garden.com/default.asp?lingua=en

J. disse...

um jardim na cidade ;) nos, para além das flores que plantamos na primavera temos hortelã que cresceu imenso ;) e cheira tão bem...