cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





13.4.13

mensagens que aquecem o coração

na verdade eu devia ter sido arquivista. guardo qualquer coisa e mais um par de botas porque acho que no futuro tudo tera uma razao de ser... num futuro infinito sim... portanto, vao-se juntando coisas e mais coisas em minha casa (que nao ajudam nada em alturas de mudanças), sobretudo frascos de vidro, jornais e revistas e papeis e papelinhos com todo o tipo de informação. no mail e no telemovel acontece a mesma coisa, tenho mensagens guardadas de ha séculos atras (pelo menos do século passado posso dizer que sim). nestes ultimos dias para meu grande espanto (sem falsas modestias) tenho recebido mensagens de pessoas que sabem que me vou embora, muito simpaticas,  que me aquecem o coração. e como se este blog fosse uma espécie de disco rigido externo, vou conserva-las aqui, caso algum dia desapareçam (como estas, que fiz tao bem em guardar porque perdi o meu telemovel este inverno) para não me esquecer delas e para me lembrar que passaram pela minha vida alpina pessoas bonitas e que gostei muito de conhecer e outras que sempre apreciei em silêncio e descubro agora que o sentimento era reciproco

"aussi, si je ne te revois pas, je te souhaite plein de bonnes choses pour la suite....au Portugal ! et merci pour cette collaboration précieuse, ce fut un plaisir de travailler avec toi. à bientôt. m."

3 comentários:

Vane M. disse...

eu também guardo mensagens que tenho dó de excluir...faz bem reler de vez em quando. Um abraço!

J. disse...

sim, vane é verdade, é bom voltar a elas mais tarde e relê-las :)

B. Cérise disse...

Tenho algumas caixas de boas memórias guardadas no sótão e só tenho pena de não as abrir mais vezes para me recordar mais dos bons momentos!