cela me rassure d'avoir la confirmation qu'il est des choses qui demeurent intactes * philippe besson

one of the secrets of a happy life is continuous small treats * iris murdoch

it's a relief sometimes to be able to talk without having to explain oneself, isn't it? * isobel crawley * downtown abbey

carpe diem. seize the day, boys. make your lives extraordinary * dead poets society

a luz que toca lisboa é uma luz que faz acender qualquer coisa dentro de nos * mia couto





10.1.07

... de volta ao trabalho...

10 comentários:

Anónimo disse...

assim até dá gosto levantar cêdo e ir "pró trabalho".

J. disse...

é verdade... tenho muita sorte em ter um trabalho que consiste em ler livros, "tratar" deles e trocar ideias com as pessoas sobre leituras e sobre a leitura... ouvir musica, organizar exposiçoes... gosto muito do que faço...

Anónimo disse...

olá...desculpe invadir o seu blog, mas tenytei lhe enviar um mail e nao consegui. moro no brasil, em goiania, e estava procurando um site pra eu comprar o persuasao( livro da jane asuten)Soube que tem traduçao em portugues de portugal. E verdade? quem traduziu? tem como eu encontrar? aguardso contato seu, obrigada, desde já, Lisa.
meu mail é: lisa.valeria@gmail.com

Miguel. disse...

nesse caso... somos colegas de trabalho...

;)

J. disse...

biblioteca, livraria, editora?...

Miguel. disse...

para já... livraria ...

;)

J. disse...

também trabalhei em algumas livrarias antes de chegar às bibliotecas... e tu estas a pensar em mudar para as bibliotecas?

Miguel. disse...

Para já gostava de mudar de Livraria... gostava mais de trabalhar com outro tipo de livros... não sou grande apreciador de vendas em massa, até porque tenho um certo carinho pelas edições antigas e raras... e claro por um público mais orientado nas suas escolhas, vender e recomendar livros de Top é uma coisa que me chateia profundamente...
A ideia de Biblioteca também me agrada, tenho andado a pensar em fazer uma Licenciatura em Estudos Artísticos e Culturais e creio que essa é também uma das possíveis saídas, vamos ver...

J. disse...

estava tentada a pensar que trabalhas na f., pela livraria de massas e pelo "top" (e nesse caso fomos colegas) ... mas nas bibliotecas, sobretudo nas bibliotecas públicas, há um público muito generalista que lê de tudo, bom ou mau. não se pode ser muito selectivo porque se trata de um serviço publico... estudos artísticos e culturais parece-me uma boa ideia... a ler devagar também podia ser uma "boa" livraria para ti, conheces?

Miguel. disse...

por acaso trabalho na B. , mas a ideia será em breve poder vir a trabalhar com livros antigos, sim conheço bem a ler devagar, e a letra livre, entre outras do género, faz mais o meu tipo de livraria e também de cliente, não é sub-valorizar os clientes ou o tipo de cliente que tenho, mas confesso que é mais cansativo e menos atractivo trabalhar numa B., odeio top's de vendas e toneladas de livros que nunca vou querer ler....
enfim, penso que será apenas uma questão de tempo
até lá vou sendo cliente dessas "tais" livrarias...

:)